FANDOM








"A Vida é Assim" é uma música do grupo Só Brega.

Ela conta a história do vocalista, Conde, um cachaceiro safado que achava que podia fazer dele o que bem entendia, e que ninguém podia mandar na merda da vida dele.

Importância HistóricaEditar

A canção A Vida é Assim é um dos maiores tesouros culturais conhecidos. A beleza e simplicidade de seus versos fizeram com que seu autor, o Conde do Brega, fosse elevado ao posto de poeta mais importante da cultura ocidental.

O Conde do Brega é citado em incontáveis teses de mestrado, sendo suas palavras posta a par da máxima délfica, dos versos homéricos, dos pensamentos aristotélicos, dos palavrões de Dercy Golçalves e dos pensamentos de Seu Madruga.

1.238.94 poetas de vários países já tentaram provar que os famosos versos condeanos teriam sido plagiados de obras suas, sem que jamais qualquer desses poetas tenha obtido êxito.

Com isso, a ONU concedeu ao Conde do Brega o título de poeta mais importante que a humanidade já conheceu. Semanalmente, sempre nas noites de sexta-feira, toda a população pernambucana presta uma homenagem ao seu mais ilustre conterrâneo, entoando sembriagada em coro seus mais famosos versos: Ninguém é perfeito e a vida é assim.

Letra Editar

Composição: Capeta

Faço de mim o que quero,

faço o que quero em mim

Faço as vezes uma boa,

mas também faço algumas ruim

Porque, meu bem,

ninguém é perfeito e a vida é assim

Porque, meu bem,

ninguém é perfeito e a vida é assim

Tudo de mais tem limite,

limita até o que vai pintar

O que eu fiz errado está certo

e muitos vão querer concertar

Porque, meu bem,

ninguem é perfeito e a vida é assim

Porque, meu bem,

ninguem é perfeito e a vida é assim

Não sei se você percebeu, mas preferi não [b]consertar[/b] o erro na letra, pois não quero limitar nem o que vai pintar, pois o que ele faz errado está certo, pelo menos ele diz né...


Olha o homem aí! Editar

Acordes Editar

Ver também Editar

Oxe!!!
Ess'artigo foi escrito por um caba pernambucano arretado duma porra, visse?! E num é que tá arrumadinquisó meu véi!
Oxente...
gostasse não macho?! Então vátilascá, seu fi di rapariga!!!
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.