FANDOM


A Batalha de Yavin foi um grande confronto da Guerra Civil Galáctica entre o Império Galáctico e a Aliança Rebelde para Restaurar a República que culminou na destruição da estação de batalha imperial, a Estrela da Morte e salvar o universo.

História resumida Editar

Ficheiro:Baseball imperial.gif

Após recuperar os planos da estação de batalha imperial, os rebeldes localizados na lua Yavin IV examinaram os dados e encontraram um ponto fraco em um exaustor térmico da Estrela da Morte. Acreditando que poderiam destruir a estação caso lançassem um torpedo dentro do exaustor, que causaria a destruição da colossal super arma de destruição em massa imperial, eles prepararam um ataque desesperado.

A Estrela da Morte, que se aproximava da lua após ter rastreado a base rebelde, preparava-se para destruir Yavin IV e colocar um fim na rebelião de uma vez por todas. Empregando vinte e dois caças X-wing, oito bombardeiros Y-wing e nenhum caça Z-wing por falta deles, os rebeldes lançaram sua ofensiva, aproveitando-se da agilidade das pequenas naves para voar pelas trincheiras da Estrela da Morte e efetuar o disparo que causaria a destruição da estação espacial.

O império, vendo que suas baterias turbolaser são tão inúteis que não eram capazes de atingir os velozes caças, enviaram seus TIE/LN para sobrepujar e destruir as naves inimigas. Darth Vader, à bordo de seu caça TIE Advanced x1, liderou a caçada aos rebeldes que encontravam-se na trincheira que levava até o exaustor, abatendo diversos pilotos, inclusive o amigo de infância de Luke Skywalker, Biggs Darklighter. Luke Skywalker após isso jurou vingança ao seu amigo de rebeldia.

Quando havia sobrado apenas um piloto rebelde na trincheira, Luke, Vader estava certo da vitória, mas ambos foram surpreendidos pela Millenium Falcon pilotada por Han Solo e Chewbacca, que abateram um dos caças TIE da formação de Vader, e causaram a avaria de um segundo piloto, assim como de Vader, que ao colidir com outra nave foi salvo pelos escudos defletores e pela poderosa blindagem de seu caça e lançado rodopiando para longe da estação de batalha.

Ficheiro:Batalha de Yavin na Folha de São Paulo.jpg

Luke, livre para lançar seus torpedos, foi guiado pelo espírito de Obi-Wan Kenobi e pela Força, conseguindo atingir seu alvo e causando a destruição da Estrela da Morte antes que a mesma pudesse destruir Yavin IV. Segundo a imprensa coxinha, com a destruição da estação, o Império perdeu mais de trezentos mil pessoas, incluindo oficiais do alto escalão da marinha e exército e a rebelião conseguiu espalhar a esperança na luta contra o temível regime ditatorial do Imperador Palpatine.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.