FANDOM


Nuvola apps bookcase
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.

Introdução Editar

Numa época em que não existia telefone celular nem e-mail, as mensagens eram trocadas através de anotações na pedra lascada ou lembretes manuscritos em papiros.

Veja a seguir algumas destas valiosas relíquias, traduzidas para o português pelo famoso e polivalente filósofo francês Voulen Rabat, em parceria (ops!) com o arqueólogo bundão Indiana Jim Jones.

Histórias Editar

  • Eva,

acho melhor você ajuntar as nossas coisas. Depois daquela maçã de ontem, estou com um mau pressentimento. Adão.

  • Moisés,

Depois daquela tempestade de ontem, minha terrinha está alagada e as ovelhas ficaram ilhadas. Vê se dá um pulinho aqui mais tarde e abre as águas pra mim, pra eu passar com o rebanho. Obrigado.

  • José,

Eu juro que foi o Senhor. Maria

  • Rabi,

Lázaro está muito chateado com o senhor. Desde que foi ressuscitado, colocaram nele o apelido de gambazinho, porque o cheiro de defunto não sai. Vê se faz outro milagre e quebra o galho dele, coitado. Thiago

  • Ordenança,

Ouvi dizer que tem um galileu espalhando por aí, que consegue reconstruir o templo em três dias. Dá uma olhadinha pra mim e, se for verdade, convida o rapaz pra trabalhar de pedreiro pra gente. Caifás

  • Pedro,

Não posso falar com você agora, pois estou a caminho do gólgota. Assim que eu ressuscitar, a gente conversa. Jesus.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.