FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Ficheiro:300 rocinha.jpg

ROCINHA, Rio de Janeiro à Dezembro -

Depois do sucesso do filme brasileiro Cidade de Deus, estreou nesta semana o novo filme baseado na obra de Maurício de Souza e Paulo Coelho, "300 da Rocinha", na qual 300 corajosos guerreiros do pó combatem o império do Serginho "Maconha" Cabral Filho do Neto e seus 40.000 PM's na entrada de um morro carioca.

O filme tem a participação do idiota Sérgio Mallandro, Sílvio Santos como Leônidas, Bruna Surfistinha, João Kléber e Gilberto Barros no papel de Lula.

A guerra se inicia quando a Polícia Militar barra um carregamento de pó no morro e ameaça acabar com o tráfico. Como era dia da Final da UEFA Champions League, ninguém estava muito afim de tretar... E coube a 300 corajosos FLAvelados saírem com seus fuzis AK-47 às ruas.

Como a rocinha estava dormente ante o problema da invasão dos 40.000 PMs, Léo pequeno chamou seus 300 mano "ispartindo" a cara dos caloteiro que num pagava o pó, e falou pra galera num discurso memorávil:

- Precisamo acorda os feladapoota que tão de ressaca da batida de laje de onti e desce o pau nos desgraçado!!
- Peguem suas AK-47 mano! seus capacete di kevilar, tá ligado? e rumbora parti os doido no meio porra! ninguem traz puliça de camburão aqui no nosso cafofo e sai vivo sacô?
- Porque apenas as puta zuada do morro dão a luz a grandes manos armados cum arma mais foda que o exército brazuca tá ligado?
- Se nois desce o morro e defender a entrada que é fininha e vai sê fácil de fura os homi nois vai zuá essa budega toda porra!!
- Os homi vão sacá que uns poco mano lutaram contra uma cambada de macaco feladapoota!!
- "Ae mano, nois hoje vai jantá no inferno mora?" (tiros de AK seguem ao fundo)
E assim Léo pequeno liderou seus 300 mano da rocinha contra os mais de 40.000 mil PM do rio. Uma batalha sangrenta banhada em banha de porco com carne de quinta que restou da batida da laje de onti. Uma cena realmente épica!!

Imperdível segundo os críticos! Sessões diárias num morro próximo a sua casa mano.








Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.