FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

AFEGANISTÃO, Argentina -

Um professor da universidade egípcia de Al Azhar foi obrigado a retirar uma 'fatwa' que havia instaurado. Segundo a qual, uma mulher e um homem só podiam permanecer sozinhos em um mesmo aposento se ela o amamentasse, devido ao escândalo que provocou no país e no mundo árabe.

Segundo a 'fatwa' (lei islâmica) do professor Ezzat Attia, presidente do departamento Al Hadith (fatos e palavras veridicas de verdade do profeta Maomé) de Al-Azhar, uma mulher poderia retirar o véu e permanecer sozinha ao lado de um colega em um local se o amamentasse em cinco ocasiões, dando ‘diretamente o peito’(Isso mesmo, bem no biquinho da teta. E cinco vezes hein).

Attia indicou que retirava sua norma desde que fosse criada uma outra 'fatwa' regularizando a permanencia de dois homens na mesma situação acima e se desculpou afirmando ter recebido fortes influências e ameaças de um certo individuo para decretar essa lei.

A polêmica medida havia escandalizado a imprensa egípcia com fortes críticas nos círculos religiosos do Egito, Golfo, Alasca, Madagascar, Sumália, Argentina e Pangéia.

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.