FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

ALASKA, EUA -

Ficheiro:Carrogelo2.jpg

O aquecimento global - finalmente mostrando alguma utilidade - trouxe esta semana um achado que revolucionou as teses dos paleontólogos. No estado americano do Alaska, um veículo foi encontrado após o degelo de uma beirada de vulcão. Cientistas dizem ser um veículo rudimentar utilizado pelos hominídeos da era pré-glacial.

Segundo o Dr. Osmar Mota, da Universidade de Ohio (Toronto, Califórnia), o veículo era movido a álcool e, devido ao congelamento, repentino parou de funcionar, ficando preso à geleira. Cientistas e engenheiros farão novos testes para atestar a idade do veiculossauro, além da montadora e local de origem.

Na lateral, foram encontrados as estranhas inscrições "f", "i", "a", "t". Na parte traseira do automóvel, veem-se também outros hieroglifos, traduzidos para a calculadora moderna como "1", "4", "7". Toda a rabisqueira se encontra neste momento sendo estudada pelos responsáveis pela importante descoberta.

Ainda não se sabe o que os estranhos escritos pre-históricos dizem, mas, segundo os professores Enzo Ferrari e Ferdinand Porsche, lingüistas e especialistas em caracteres antigos, talvez jamais venhamos a saber o que dizem os sete caracteres, por falta de exemplares com o que comparar. Mesmo assim, agora pode-se afirmar com base científica que "f", "i", "a", "t", "1", "4", "7" é verdadeiramente um automóvel da era paleolítica.


Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.