FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Ficheiro:00000.jpg

RIO DE FEVEREIRO, BRAZIL - Farofeiros de praias do Litoral Nortenho de Rio de Fevereiro reclamam de falta de espaço nas praias. Segundo o farofeiro Uóchintom, ele não consegue mais fazer suas necessidades na areia como antes, devido ao grande crescimento de farofeiros na Praia Seca (Praia frequentada por ele), por isso, ele agora faz suas necessidades na água, mas reclama de ser muito gelada e tem medo de entra uma água viva no ...!

Ficheiro:0000.jpg

Depoimento do farofeiro Gladestom : "Um dia eu tava lá na praia ouvinu um pagode acompanhado de uma fejuada que tinha levado na panela de pressão, tava tudo bem até que algum tempo depois o bicho tava batendu na porta do cu. Ae pensei vô da aquela cagada feroz, mas a praia estava muito lotada, e eu não tava guentanu mais, tinha que escorrega o moreno, então corri pra água e foi lá mesmo, fiz a sessão de descarrego na água gelada mesmo, sai com medo de entra algum intruso pela porta e sai da água e voltei pra pega uns torresmo".

Realmente um comovente depoimento que o Gladestom fez para a polícia, se sentindo ferido emocionalmente devido a alta população de farofeiros na praia. Para maiores informações, entre no site do governo do Estado do Rio de Fevereiro: www.monkeyland.com/monkeys/RF.

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.