FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

CURITIBA, Brasil - O anúncio do lançamento do filme americano "Turistas" vem criando revolta em redutos da população brasileira. O filme, que retrata a estória de seis jovens americanos que vem passar férias no Brasil e são assaltados, drogados e vítimas de quadrilhas, tem arrancado notas de protesto dos mais altos escalões governamentais.

Walfrido dos Mares Guia Neto, ministro do turismo brasileiro, informou em nota a redação que "é um absurdo tamanhas discrepâncias com a realidade brasileira. Onde já se viu um macaco na praia?" comenta em relação à cena do filme onde uma banhista de top-less brinca com um macaco na baía de copacabana. E completa: "A rigidez da legislação brasileira nunca permitiria tamanho absurdo, sem a coleta das taxas cabíveis, tanto ao macaco, como à moça de top-less". O presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, é ainda mais enfático ao lembrar que "nosso país nunca teve qualquer evento de violência registrado contra nenhum turista de fora desse planeta e, que não se pode generalizar se por acaso um desses 'turistas' incitam a violência só para aparecer na televisão. É a globalização e a busca pela fama que gera toda essa situação", lamenta o presidente.

Procurado pela reportagem, o presidente Luiz Inácio 'Squid' da Silva, que adotou a alcunha americanizada para tentar melhorar a imagem do país no exterior, limitou-se a dizer que "era um desabissurdo e um desabuso que esses turista americano da Inglaterra venha aqui, estrative os produto interno do brasil e, ainda por cima, saia falando pra todo mundo que não tá bão." O presidente ainda ilustrou: "É como se fosse os torcedor do meu Curinthians, depois de ganhá do São Paulo por 1x1, reclamasse que o Juiz num deu um penalti. Uma falta de absurdo..." Mesmo com os protestos, a produtora do filme disse que vai manter o lançamento da película no Brasil.

Anônimos, como J.P de 22 anos, defendem que o Brasil deveria ter uma postura mais enérgica diante da crise: "Urra meu, imagina que você encontra um cara desses na rua... um magrinho desses que fizeram o filme... Urra meu... eu ia mostrá pra eles como é a verdadeira violência.. na Fiel mesmo, mano"..

"De fato! Esse filme deve ser uma bosta! Onde já se viu TOP-LESS! Meu filho não vai ver isso!" Diz brasileira indignada.

Fontes Editar

  • [www.eununcamefudinobrasil.com.br Turistas, in Brazil] '
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.