FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

BRASÍLIA, Brasil - Hoje pela tarde o presidente Lula foi anfitrião e visita de sua própria festa. Nunca antes na história do Bravil houve uma cerimônia tão grande ao modo do povo: foram 800 toneladas de jerimum, 40.000 litros de manteiga de garrafa, 3.000 km de andaimes para arquibancada e mais de 200.000 bolas purulentas de buchada de bode.

Além de passar a faixa para si mesmo, Lula fez algo inusitado no mundo: tomou Posse sem gelo em frente às câmeras. Servido pela sua mulher, a Patroa Marisa (que vestia um lindo vestido que mais parecia um cisne emplumado), Lula conseguiu assim ter idéias para seu discurso final de improviso. Um dos pontos altos do discurso dizia que "o acontecimento no Rio de Janeiro mostra que os jagunços devem ser postos imediatamente nas favelas"

Seu mandato termina em Dezembro de 2010, ano da Copa do Mundo de Futebol na África do Sul onde não poderá mais tomar mais Posse. Outras bebidas destiladas estão liberadas.

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.