FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

NURBURGRING, Alemanha - Após liderar o Grande Prêmio da Europa de Fórmula 1 por quase toda a prova, o piloto brasileiro e principal atração dos restaurantes italianos Felipe Massa, foi ultrapassado pelo espanhol Fernando Alonso, terminando a corrida na segunda colocação.

Ficheiro:Alonso Massa.jpg

Massa perdeu a liderança após intensa e sedutora manobra de aproximação realizada por Alonso, depois do retorno da forte chuva que deixou Massa encharcado e mole, sem resistência contra o ataque de Alonso.

Alonso utilizou de toda a sua experiência de bi-campeão mundial para iludir o piloto brasileiro. Foi se aproximando delicadamente por trás, balançando de um lado para o outro, deu um toque no meio da roda de Massa e disparou. Massa, que sempre oferecia o "lado de dentro" da curva para o espanhol, ficou muito triste por causa do "clima" que rolou, e bastante decepcionado com a falta de companheirismo de Alonso, pois esperava "algo maior" dele.

No final da corrida,no corredor de acesso à premiação, Massa teve novo encontro com Alonso, tomando satisfações e demonstrando o seu despeito com relação ao comportamento de Alonso:

- Você se aproxima devagar por trás balançando de um lado pro outro, aproveita porque eu estou amolecido e encharcado da chuva, toca na minha roda e dispara!! E meus sentimentos, como é que ficam? - Reclama Massa.

- Se afasta! Massa só Pizza e Spaghetti à Bolonheza - Retruca Alonso.

- Nunca mais me procure, e digo mais: detestei esse seu cavanhaque ridículo! - Conclui Massa.

Ficheiro:Discussao alonsomassa.jpg

Massa que deve se inspirar na Seleção Argentina e no time do Vasco da Gama, dá sequência à tradição brasileira na Fórmula 1 iniciada pelo piloto Rubens Barrichelo que sempre liderava as provas mas era ultrapassado pelo alemão no final da corrida.

OpiniõesEditar

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.