FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Ficheiro:Rocambole.jpg

CHOCOLATE, Suíça -

Cientista suíço encontrou, por meio de complexos e criteriosos experimentos, qual é o rocambole mais rápido do oeste europeu. Segundo professor Dr. Choux, do departamento de Física dos Alimentos da Universidade de Summ, o teste envolvia o rolamento do mesmo, após um suave peteleco, por uma rampa inclinada em 40°. Vários rocamboles foram testados, mas apenas os que rolaram por mais de 10 metros é que foram contabilizados, dentre os melhores temos:

  • suíço: chocolate e recheio de creme, adquirido em supermercado;
  • primavera: é assado e feito com vegetais, foi comprado de um chinesinho;
  • pão: feito com miolo de pão;
  • rocambole de lingüiça: tamanho família com no mínimo 12,5% de carne, adquirido em padaria.

O vencedor foi o rocambole suíço, alcançando a incrível marca de 32,7 metros. O segundo melhor foi o de lingüiça, tendo rolado por 24,1 metros. As piores marcas ficaram com o rocambolde de pão e o primavera com, respectivamente, 18,1 e 14,1 metros. Dr. Choux explica que o rocambole de pão contrariou todas as expectativas, embora fosse estável não era pesado o suficiente. O de lingüiça, embora inicialmente sólido, perdeu parte de seu recheio durante a jornada, mas apresentou um bom resultado. Já o primavera, conta Dr. Choux, tornava-se instável em velocidades superiores a 0,47 m/s devido a sua composição ser basicamente de vegetais primitivos, daí o péssimo resultado. O rocambole suíço obteve o melhor resultado devida ao seu creme, por ser denso e promover a coesão do mesmo ao longo do experimento, além de sua superfície ser macia, o que absorve impactos com grande eficiência. O rocambole suíço é reconhecido como um dos mais resistentes, tendo sobrevivido à acelerações de 4 vezes a da gravidade e passado no teste do túnel de vento, mantendo-se coeso em ventos de mais de 467 m/s. Por esse motivo é o mais consumido em viagens aéreas feitas com o Concorde da Gol. A indústria de automóveis russa Lada declarou que depois desse teste irá deixar de compra pneus da Pirelli e Goodyear e passará a usar rocamboles suíços como pneus de seus calhambeques carros.

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.