FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Ficheiro:He-man sword.jpg

RIO DE JANEIRO, Tirolândia - A polícia civil do Rio de Janeiro descobriu essa semana durante uma operação de invasão em favelas que o ex-herói de desenho animado, He-Man, tem participação no tráfico de drogas da cidade.

De acordo com o Comando da Polícia Civil do Rio de Janeiro, durante a "Operação Salmão Reluzente" no Morro da Serpente, a polícia encontrou a espada do He-Man, que era usada pelos traficantes para abrir os pacotes de sucrilhos com maconha que chegavam da Colômbia.

Segundo fontes de alto escalão da Polícia Civil do Rio de Janeiro, He-man já estava sob investigação por possivel envolvimento no trafico de drogas e por suspeitas de que ele seja o líder da maior rede de prostituição gay no estado do Rio de Janeiro.

Fontes no DENARC carioca informaram a imprensa de que as investigações serão aprofundadas e que a espada do He-man foi enviada para São Paulo para analises laboratoriais pela Polícia Cientifica de São Paulo, também conhecida como CSI-São Paulo.

A assessoria de imprensa do Castelo de Greyskull lançou ontem uma nota à imprensa informando que He-Man jamais participou de transações ilegais e que a espada apreendida fora uma doação de Mentor à associação de moradores daquela comunidade.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.