FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

SÃO PAULOKU - No início de uma noite qualquer, investigadores não chegados na coisa, do 24º Distrito Policial, de Campinas, passando-se por clientes machos, fecharam um puteiro decente e limpinho que funcionava na Avenida Felicidade, ao lado da Igreja Receber, cujo dono ainda está enrolado com a justiça estrangeira.

Os bibas, fingindo serem clientes, entraram na casa e disseram que estavam interessados em realizar um programa. Após um breve desfile das mulheres, os investigadores morrendo de ciúmes, tiraram as roupas e mostraram sua coleção de calcinhas, gritando que eles queiram fazer programa era com homens. O proprietário, um gerente e quatro meninas que se disseram virgens foram presos por não pararem de rir diante da situação.

Todos foram levados à delegacia, mas apenas o coitado dono do prostíbulo foi indiciado. Ele será julgado e, caso condenado, pode pegar uma vara que varia de 20 a 30 cm.

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.