FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

FLEXEIRAS, Alagoas -

Ficheiro:Renancalheiros.jpg
A vaca foi para o brejo para o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Depois de anos de reinado, o tecelão da Governabilidade do governo Lula parece que vai perder os cornos políticos.

Ficheiro:Clocamara.jpg

Pelo menos ele comeu uma gostosa. Morri de inveja. Dela, é claro. — disse o Deputado Federal Clodovil Hernandez à Desnotícias

As vacas magras para Renan começaram numa operação da Polícia Federal que levantou a suspeita de que uma empreiteira pagou com dinheiro suspeito a pensão do Senador.

Para provar sua inocência, Renan demonstrou que é o Rei do Gado de Alagoas, tendo um rebanho cuja lucratividade grandemente supera o padrão nacional, internacional e intergalático, demonstrando a excelência bovina do Senado.

A oposição e a Globo, demonstram que todos os comprovantes de gado de Renan são conversa para boi dormir.

Renan Calheiros está lentamente indo para o abate. Sentindo que começaram os tempos de vacas magras, o Planalto se isentou mais uma vez. O Presidente Lula foi chamado para ajudar Renan, mas preferiu deixar o boi na sombra.

O presidente do Senado arde num churrasco a fogo alto. De seu espólio, basta saber quem vai comer a chuleta, porque a picanha já lhe rendeu pagar uma gorda pensão de cem mil arrobas, que só o envolveu em problemas.

O pior desta crise são os trocadilhos com coisas bovinas! Vou virar vegetariano porque não aguento mais ouvir falar na maminha que é o Senado! Aqui só tem mamata, não maminha! — afirmou o Senador Larápio Furtado (PDX-AC) para a Desnotícias.

Por sorte do pecuarista alagoano, o senador e pecuarista brasiliense Joaquim Roriz também foi pego com negócios bovinos suspeitos. Tudo indica que Roriz será um boi de piranha adequado para agradar a fome carnívora da opinião pública.

Fontes Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.