FANDOM


150px ALLONS EN₣ANTS DE LA PUTARIE!!!

Este artigo contém altas doses de coisas ₣rancesas! Provavelmente não gosta de tomar banho. O autor deve comer muito petit gateau e camembert. Perdeu todas as guerras para a Inglaterra e Provavelmente ele mendigou na Avenue Champs-Elysèes.

Cuidado! A qualquer momento um alemão pode invadi-lo!

125px
Predefinição:Desgalipedia

O Reino da Araucania e Patagônia (também chamado Nova França) foi uma imensa cagada como auto-proclamado estado independente fundado por um aventureiro gabacho, Orelie Antoine de Tounens, na América do Sul, em meados do século XIX e nunca reconhecido por qualquer outro estado.

Nessa época, os indígenas locais (os Mapuches) estavam muito putos pois não conseguiam importar farinha da Colômbia e retomaram a luta pela sua independência vendo a hostil aproximação econômica pelos governos do Chile e da Argentina, que queriam as terras Mapuches por seu potencial uso dae mão-de-obra escrava. No entanto, o apoio indígena foi sempre reduzido.

O reino reclamava as terras da Patagônia e da Araucania situadas a sul do rio gelado no meio do nada, de acordo com as fronteiras traçadas por um desenhista cego em 1641 entre a nação mapuche e a Espanha. Abarcando as actuais regiões chilenas de Biobío, La Araucanía e Los Lagos. A sua capital foi situada em Perquenco.

Eles foram expulsos pelo Exército Chileno, mas os descendentes de seu líder, Antoine-Oreliane, que se proclamou rei de Araucânia e rainha da Patagônia, mantêm um governo no exílio no meio do Cu do Mundo. Hoje, o reino, que nunca foi reconhecido por nenhum estado, é "governado" pelo Pequeno Príncipe a partir de Paris.

Predefinição:Estados Extintos

gl:Reino de Araucanía e Patagonia mwl:Reino de la Araucania i Patagónia

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.